(13) 3448-3505

A prefeitura tem condições de absorver todo agregado reciclado produzido na cidade?

Uma cidade como Barueri – SP compra 900 mil toneladas de agregados por ano para diversas aplicações.

Se o município substituísse 20% dos agregados naturais por agregados reciclados a economia para os cofres municipais chegaria a pelo menos R$ 4,5 milhões.

A grande vocação dos agregados reciclados, já confirmado por inúmeros estudos acadêmicos, é a pavimentação de vias de tráfego leve e médio, ou seja, estradas rurais, ruas, vielas, avenidas e rodovias vicinais, além de obras de canalização, calçamento público, artefatos de concreto e obras de acabamento interno.

A discussão recorrente das usinas de reciclagem de RCD (Resíduos da Construção e Demolição) é que as cidades não têm ajudado a absorver esses produtos, tornando assim a gestão de resíduos da construção inócua perante seus planos municipais de resíduos sólidos.

A participação do município no processo de compras sustentáveis é imprescindível para o sucesso do sistema.

Venha entender o que a Abrecon está fazendo para virar o jogo no setor de resíduos da construção e demolição. 12 Palestrantes de renome apresentando o que existe de mais moderno na reciclagem de RCD.

Inscreva-se para o Seminário Nacional da Reciclagem de Resíduos da Construção e Demolição 2018. Maior evento de setor e ponto de encontro das usinas de RCD no Brasil.

DESCONTOS ESPECIAIS PARA USINAS DE RECICLAGEM DE RCD E ÓRGÃOS PÚBLICOS
Aproveite! VAGAS LIMITADAS

Marque na sua agenda: 22/11/2018 às 08h e inscreva-se agora!

Centro de Exposições Pro Magno em São Paulo – SP
R. Samaritá, 230 – Casa Verde

A 5 minutos do Terminal Barra Funda e a 10 minutos do Terminal Tietê
Fácil acesso pela Marginal Tietê e junto a Waste Expo 2018